COMO FUNCIONA A TECNOLOGIA

Diariamente, muita energia chega ao nosso planeta de forma gratuita e limpa. Os raios solares, além de trazerem a luz e o calor, essenciais para a vida na Terra, podem ser aproveitados para a geração de energia, tanto na forma de calor quanto na de eletricidade.

Essa eletricidade que vem do sol é chamada de fotovoltaica*, termo formado a partir de duas palavras: foto, que em grego significa “luz”, e voltaica, que vem da palavra “volt”, a unidade para medir o potencial elétrico.

Tem interesse nesse tipo de energia?

DIFERENÇAS ENTRE INVERSOR E MICROINVERSOR

Com relação à escolha entre microinversor e inversor, levando em conta a expansão, é possível aumentar o número de painéis com a instalação de um inversor, mas dentro de limites. O inversor convencional trabalha em faixas de voltagem e tem limites de corrente e potência também.

Se respeitar esses limites, você pode fazer sistemas de diferentes tamanhos, usando o mesmo inversor. Alem disso, os menores inversores geralmente precisam de pelo menos 5 painéis

Já com os microinversores, o sistema é modular, 2 inversores por painel, e você pode fazer o sistema do tamanho que quiser. Considerar que o microinversor dura 25 anos enquanto o inversor dura entre 10 e 15 anos.

INVERSOR

Monitoramento do sistema como um todo

MICRO INVERSOR

Monitoramento de cada painel fotovoltaico

INVERSOR

Sombreamento de um unico painel afeta o sistema inteiro

MICRO INVERSOR

Sombreamento de um unico painel afeta somente o próprio

Veja aqui as normativas

MARCAS CERTIFICADAS PELO INMETRO

Mini e microgeração distribuida
Adesão teve aumento exponencial
potencia (kw)

10.283

ano de 2014

23.176

ano de 2015

91.387

ano de 2016

260.891

ano de 2017

NOSSOS TRABALHOS

Projeto Residencial

ITÚ | SÃO PAULO

 

Projeto Residencial

Resende | Rio de Janeiro

 

Projeto Residencial

Ibiuna | São Paulo